Morrer do coração

O coração dava mostras de que não ia bem. Acelerava diante das emoções mais inesperadas como quando, cheia de vertigem, olhava para o céu e via que um avião sobrevoava. Noites havia em que o silêncio era interrompido pelas batidas fortes no peito cujo barulho incomodava os ouvidos atentos. A boca seca, a cabeça pesada […]

Leia mais

Gertrudes pede conselho

Gertrudes pede conselho, um dos contos de Clarice que mais me impressiona e dele me valho principalmente quando, diante de uma dúvida relacionada a algum desconforto íntimo, penso que um conselho poderia cair bem. Acontece que ao terminar de lê-lo, uma força ressurge dentro de mim de tal maneira que me levanto heroica e aliviada, […]

Leia mais

O que é a vida?

Em Água Viva, Clarice Lispector não apenas nega-o como livro, posto não ser assim que se escreve, mas adverte sobre a impossibilidade de alguém recontar o que nele está escrito pelo simples fato de não ser algo dotado de enredo: Sei que depois de me leres é difícil reproduzir de ouvido a minha música, não […]

Leia mais

Por que Clarice lispector

Tudo o que li até o momento sobre vida e obra de Clarice Lispector partiu da tentativa de desvendar e revelar a escritora pelo conjunto de sua obra e do que se sabe sobre ela a partir de pessoas que a conheceram. Muitas vezes, seus livros são lidos e relidos com o intuito de traduzi-la. […]

Leia mais

O defeito que sustenta

Numa carta endereçada a uma das irmãs, Clarice diz assim: Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso – nunca se sabe qual o defeito que sustenta nosso edifício inteiro… Essa frase sempre me pareceu carregada de densidade e sentido. Clarice tinha defeitos reconhecidos por si mesma. Aliás, todos temos. Mas como nos é doloroso […]

Leia mais

Clausuras

Logo que cheguei em Brasília, no ano de 2009, comuniquei a uma colega de trabalho sobre a necessidade de agendar consulta com dentista para iniciar um tratamento destinado a aliviar os incômodos de algumas dores na face e no pescoço, as quais certamente decorriam da protuberante dentição inferior, herança genética da família materna. A colega […]

Leia mais

Tio Juquinha e a porquinha

É, meus amados leitores, como o mundo dá voltas, e como, muitas vezes, nos vemos obrigados, por imposição própria ou pedido alheio, a fazer as mesmas coisas que um dia serviram de fundamento para julgarmos e condenarmos os outros. Quantas vezes ousamos acusar sem, antes, entender os motivos alheios que os levaram a determinada atitude […]

Leia mais

DUAS MULHERES, DOIS CACHORROS E UM DESTINO

Para falar sobre cachorros, antes de mais nada, preciso esclarecer que não sou a favor de nenhum tipo de maus tratos destinado a quem quer que seja, bicho ou homem. E digo isso para não confundirem a calorosa indignação que ora venho expor com uma aparente tendência à maldade, pois não me volto nem mesmo […]

Leia mais

Santo bonito

Desde criança ouço minha mãe dizer que é por demais devota e adoradora de Santo Expedito. Na família materna, muitos recorrem, de preferência, a Nossa Senhora Aparecida, a boa e generosa mãe que, com seu manto sagrado, cobre a todos indistintamente e sem pausas. Mãe a gente chama toda hora. Dizemos: Ave Maria! Mãe do […]

Leia mais

Na teoria tudo é uma maravilha

Quem mora em apartamento, assim como eu, deve ter escutado de vizinhos muitas coisas as quais preferiria que tivessem passado longe dos ouvidos. Comigo acontece o mesmo, e olha que vivi até agora em quatro apartamentos diferentes e, em todos eles, fui e sou expectadora de conversas e acontecimentos da desconhecida vizinhança que se faz […]

Leia mais