FIM

É que não seria apenas por um ato que as coisas morreriam lá dentro. Existia o processo a ser respeitado para que, chegado ao fim, não houvessem resquícios de sentimentos não diluídos. Também não poderia afastar-se de vez a julgar por algo isolado, esporádico, movido pela fraqueza de quem, por não ter do que acusar, ataca. Perdoava. E perdoar lhe era fácil, pois não é das que se vingam. Mas esquecer não é mero ato de vontade. Como acessar a memória com uma borracha e apagar fatos e fotos que se sobrepõem e somam uns aos outros?

Com a paciência dos que amam, aguentava um pouco e mais um pouco. Mas entregava-se cada vez menos, porque vagarosamente, a cada palavra, pensada na sobriedade e proferida na conveniência de um momento justificável, algo se quebrava lá no fundo. E o que temia era que o cristal se despedaçasse todo e sangrasse a alma. Porque tudo acontecia dentro, mesmo que não desse mostras de um fim que se fazia.

“Não diga! Não diga!” Dizia para desafiá-la ou porque só dizendo para despejar a raiva contida no peito grande e vazio. Raiva da própria vida e dos que não souberam fazê-lo amar. Aqueles para quem até os afetos só se materializam na ferocidade.

Com a paciência dos que amam, procurava compreender. Além do mais, a esperança… “As coisas vão mudar”. Não mudavam. E dentro tudo se modificando… Os fios tecidos com mãos fortes para que não corresse o risco de ceder de novo e sempre.

Escrito por

Meu nome é Maiara Veiga, moro em Brasília e tenho paixão pela leitura e pela escrita. Ler e escrever são para mim "vícios desde o início". Leio por prazer. Escrevo por necessidade e dom. Nesse espaço, quero compartilhar com vocês os maiores ensinamentos que extraio das leituras e da vida. Espero que gostem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s