Mulheres mostram pelos nas axilas em ensaio em prol da beleza natural.

Esse é o título de uma notícia que acabo de ler na revista Marie Claire. Ao abrir a matéria, aparece uma morena, uma negra, uma loira e uma ruiva com os braços levantados exibindo suas axilas cabeludas. Há fotos de mulheres de todas as cores, afinal, em nome da igualdade, nenhuma pode ficar de fora.

Já pensou se tivesse apenas uma mulher branca? O perigo de ataques advindos das categorias não favorecidas seria muito grande. Então, melhor arrumar uma modelo de cada cor e calar logo a boca de todo mundo antes que comecem a reclamar que só às brancas foi dado o direito de ter sovacos peludos.

Quatro modelos lindas e magras que deixaram seus pelos crescerem para uma sessão de fotos. Quem sabe se movidas por uma proposta financeiramente atraente?  De graça é que não foi. Se não ganharam dinheiro, pelo menos alguns minutos de fama estão garantidos.

Passado o momento do ensaio fotográfico, é bem provável que a cera depilatória já esteja pegando fogo para arrancar cada moita daquela. Tudo em prol da beleza natural que só dura o tempo de tirar as fotografias. Se isso é beleza natural, deixa eu cá toda artificial.

Quem é que compra essa ideia? Eu sou mulher e digo desde já a outras mulheres que nem precisam fazer dessa luta anti pelos a minha luta. Eu tenho mais o que fazer e coisas muito mais importantes para me preocupar. É cada uma que me aparece que parece até que são dez.

Já consigo até imaginar o que aconteceria se essa moda pegasse (porque não vai pegar), provavelmente apareceriam os produtos de alisamento, de fazer cachos, de reparar as pontas duplas, os prendedores de pelos, os shampoos e condicionadores próprios para a região axilar e quem sabe as máscaras para uma hidratação profunda?

É o que vivo dizendo: eu morro e não vejo tudo. E por falar em ter o que fazer, peço licença a vocês, meus amados leitores, pois estou atrasadíssima para a minha sessão de desmatamento geral.

Até a próxima!

Publicado por:leiturana

Meu nome é Ana Veiga, moro em Brasília e tenho paixão pela leitura e pela escrita. Ler e escrever são para mim "vícios desde o início". Leio por prazer. Escrevo por necessidade. E, nesse espaço, quero compartilhar com vocês os maiores ensinamentos que extraio dessas leituras. Espero que gostem!

Um comentário sobre ldquo;Cada uma com seus pelos e apelos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s