Não perdoo a feiura.

Em minhas mãos e sob o meu olhar atento encontrava-se o livro de crônicas Até amanhã, outra vez, de Nélida Piñon.

O dia estava límpido e à minha volta reinava uma paisagem bela e esverdeada que convidava a esquecer as horas. Sentei-me num banco, ao ar livre, com o pensamento tomado pelo êxtase de descobrir que “a vaca é a segunda mãe do homem”. Ela o sustenta quando a mãe deixa de alimentar o filho com o leite de seus próprios seios. Que verdade tão óbvia a que não havia me atentado.

Leio o texto outra vez. É isso. Viva a vaca! Devemos também a ela as nossas vidas? Comemorei com uma xícara de café enquanto inebriava-me a mais recente descoberta.

Ao olhar fixo para a frente, percebo que um homem acena para mim e pede que eu vá até a sua mesa. Obedeço ao apelo do irmão que me exige e coloco-me às suas ordens.

Ele se apresenta como um jornalista, amante da fotografia, e mostra um retrato meu que teve a ousadia de tirar no momento em que encontrava-me absorta.

Causa-me espanto e revolta a ideia de que alguém tivesse invadido a minha intimidade sem que eu houvesse dado permissão. No entanto, o homem justificava-se sob o pretexto de que seduzira-o, como fotógrafo, a imagem de uma mulher por demais compenetrada com um livro nas mãos.

Mal sabia ele que eu estava pensando na função social da vaca, com as suas tetas a nos alimentar em substituição ao leite materno.

Ofereceu-me a fotografia. Aceitei a contragosto sem nada lhe dizer e engoli a seco o desprazer de ser fotografada num dos meus piores ângulos.

Se ao menos eu tivesse ficado bonita, a intromissão teria sido válida. Mas não perdoo a feiura e, antes que me acusem, digo-lhes que tenho todo direito, pois é a mim que ela pertence.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s